segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Venha a nós o Vosso Reino!



3.2  O Senhor deu, aos homens, Leis cheias de sabedoria que os fariam felizes, se as seguissem. Com essas Leis, fariam reinar entre si a paz e a justiça; ajudar-se-iam mutuamente, em vez de se maltratarem como o fazem; o forte ajudaria o fraco em vez de massacrá-lo; todos evitariam os males que se originam dos abusos e dos excessos de toda ordem. Todas as misérias da Terra são frutos da violação de Suas Leis, pois não existe um infração sequer a essas Leis que não traga consequências fatais.

Ao animal, foi dado o instinto que o mantém no limite do necessário e ele se conforma naturalmente com isso. Ao homem, além do instinto, foram dadas a inteligência, a razão e também a liberdade de respeitar ou violar Suas Leis que regem a Humanidade, isto é, a liberdade de escolher entre o bem e o mal, a fim de que ele tenha o mérito e a responsabilidade pelos seus atos.

Ninguém pode dizer que não conhece Suas Leis, pois em Sua bondade paternal o Senhor as gravou na consciência de cada um, sem distinção de cultos nem de nações. Aqueles que violam Suas Leis querem menosprezá-lo.

Chegará o dia em que, de acordo com a Sua promessa, todos as praticarão e a incredulidade desaparecerá. Todos O reconhecerão como o Senhor soberano de todas as coisas e, ao adotarem Suas Leis, Sua harmonia se estabelecerá sobre a Terra.

Apressa, Senhor, a chegada desse dia, dando aos homens a luz necessária que os conduza ao caminho da verdade.

Coletânia de Preces | Preces Em Geral | Oração Dominical | O Evangelho Segundo O Espiritismo

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Pai nosso que estás no Céu, santificado seja o vosso nome!




3.1 Acreditamos em Deus pois tudo revela Seu poder e Sua bondade. A harmonia do Universo dá testemunho de uma sabedoria, de uma prudência e de um bom senso que ultrapassam toda capacidade de compreensão humana. Em todas as obras da Criação, desde o ramo da erva e o minúsculo inseto, até os atros que se movem no espaço, o nome de um Ser, soberanamente grande e sábio, se acha inscrito. Em todos os lugares vemos a prova de um amor paternal. Portanto, cego é quem não O reconhece em Suas obras, orgulhoso aquele que não O glorifica e ingrato aquele que não Lhe agradece.



Coletânia de Preces | Preces Em Geral | Oração Dominical | O Evangelho Segundo O Espiritismo

Assine o Blog e Receba Orações por E-mail